O uso das redes sociais na educação uma das coisas mais importantes é manter a privacidade

A educação é uma via de mão dupla – muitas vezes, aqueles que ensinam podem aprender alguma coisa também.

As redes sociais, por exemplo, são amplamente dominadas pela Geração Y. Nós inventamos as redes sociais, crescemos com ela e estamos sempre com o teclado pronto na palma da mão.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

Quer Rentabilizar seu site?

Nesse artigo quero apresentar dicas para rentabilizar seu blog, pois todo Empreendedor Digital sabe que se seu blog não gerar renda, ou seja, que não tem rentabilidade, logo seu trabalho está em plena inercia, isso mesmo, está na estaca “Zero”, sendo assim, fica claro a necessidade da monetização do mesmo, no entanto estarei apresentando algumas dicas que, na minha opinião, vão auxiliar na otimização para  Rentabilizar Seu Blog.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

Novelas e biografias – Um amor incondicional – Catherine Hillworth Andrews

Esse texto de hoje é sobre aquele amigo que sempre está disposto a nos ouvir,que quando precisamos move céu e terra para nos ajudar, que ajuda os nossos amigos e parentes quando as nossas forças faltam.Aquele que por ser tão companheiro se torna mais carinhoso e protetor que o próprio pai.Eu estou falando de Deus,um amigo constante que nos apóia sempre com um amor tão incondicional que jamais poderemos calcular.Deus mostrou ao profeta Oséas o quanto ama os seres humanos,o profeta sentiu parte desse amor em seu próprio coração e percebeu como Deus se sente quando ao amar e se dedicar por nós recebe o nosso desprezo ou indiferença.Oséas amou Gomer,uma mulher que era indiferente ao amor de Oséas por se interessar por luxos e prazeres passageiros,tantas vezes nós mesmos agimos como Gomer e desprezamos a parte da vida que realmente importa por algo que é prejudicial ou passageiro.No fim da história após muitas humilhações e sofrimentos Gomer percebe que tudo que ela havia buscado em outros lugares poderia ter encontrado ao lado de Oséas,a vida é feita de pequenos detalhes e momentos de felicidade que podem construir uma vida feliz e completa.Agora eu lhe pergunto,quanto tempo você esperará para abrir seu coração? Não estou defendendo uma ou outra religião,estou lhe falando sobre você e um encontro íntimo com Deus através da oração, converse com Deus agradeça tudo que você recebeu até hoje,peça por você e todos que você conhece(e até os que você desconhece),dedique um tempo à Ele pois, Deus tem se dedicado à você desde que Ele lhe deu o fôlego de vida.Embora a simbologia da história de Óseas seja perfeita ao provar que Deus nos ama incondicionalmente, certamente seremos. mais felizes se esse amor Dele por nós for recíproco.Não espere que Deus tenha que lhe buscar no mais profundo abismo para que você tenha certeza de que Deus existe e te ama imensamente.Leia na bíblia o livro de Oséas, lhe recomendo pois se trata de uma história comovente e totalmente atual…Que Deus nos abençoe.

http://novelasebiografias.blogspot.com/search/label/Catherine%20Hillworth%20Andrews

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

O Rímel Engrossou. O Que Fazer?

Quase toda mulher que usa maquiagem, gosta de aplicar um pouco de rímel, ou máscara para cílios nos olhos. Porém, às vezes, o rímel começa a ficar com uma textura mais grossa, ou ele já vem de fábrica com essa textura mais “pesada”.

No mercado, há várias marcas de fabricantes, as mais caras e importadas e aquelas que, apesar de não serem caras, também apresentam uma boa qualidade. Isso é muito pessoal, fica a gosto de quem compra. Eu, particularmente, gosto do rímel da Vult cosméticos, Jasmyne e Luis Yance,não são caros e ainda são à prova d´água. Ou seja, se chorar um pouquinho, ou se pegar uma chuva de repente, não escorre aquela tinta preta pelo rosto.


E para que seu rímel dure mais tempo, tenha o cuidado de deixá-lo sempre bem fechado e evite deixar aberto por muito tempo, mesmo durante a aplicação, assim, você evita que ele seque. E sempre limpe a borda, retirando resto de rímel com um lencinho de papel, para que ele feche melhor.
Bom, voltando ao assunto do rímel que pode engrossar com o tempo, ou já veio de fábrica assim, anote uma dica muito interessante que pode ajudar a resolver esse problema.
Algumas pessoas dizem que você pode colocar um pouco de água dentro do tubinho onde está o bastão aplicador. Mas isso não é recomendado, pois pode alterar a composição do produto. Também não é aconselhável colocar soro fisiológico. O mais indicado é que você borrife, não muito de perto, um pouco de água mineral ou filtrada no bastão/pincel do rímel, que logo ele fica com uma textura um pouco mais leve, sem ficar ralo demais, nem aguado.
Isso não vai alterar a composição do produto e a água que você borrifar no bastão, é uma quantidade pouca, basta duas borrifadas e mais nada. 

Ah, e para lembrar, é bom você saber que a duração de um rímel é de 6 meses depois de aberto, e não mais que isso. Seus olhos agradecem. Gostou da dica? Deixe seu comentário e seu recadinho aqui no blog, que será bem vindo. 

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

ganhe 8 dolar a cada 1.000 visualizaçoes veja como..

As taxas de tráfego para os EUA estão, atualmente, mais altas que nunca! Média de $8,02 por 1.000 únicas / $4,23 por 1.000 visualizações.. nunca houve um melhor momento para se juntar ao nosso site:

click aqui

acesse:  http://adf.ly/rxMtt

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

O RH vai deixar de ser um espelho da empresa e se tornará uma janela para fora

http://w3net.com.br/index.php/blog/o-rh-vai-deixar-de-ser-um-espelho-da-empresa-e-se-tornara-uma-janela-para-fora/

david-hsm

O norte-americano David Ulrich, professor de Negócios da Ross School of Business, da Universidade de Michigan, e cofundador do RBL Group, é considerado uma das maiores autoridades em gestão de pessoas. Já trabalhou com mais de 100 das 200 maiores empresas do mundo e é autor dos bestsellers Liderança Orientada para Resultados, O Work-out da GE, Gestão Estratégica de Pessoas com Scorecard, A transformação do RHe é coautor do livro RH de Fora para Dentro.

Em setembro, será lançado no Brasil sua publicação mais recente, Sustentabilidade da Liderança, que foi o tema de sua palestra durante o Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas, o CONARH 2014 (realizado na semana passada, em São Paulo). Em entrevista a NEGÓCIOS, Ulrich fala sobre o momento atual e as perspectivas de futuropara a área de Recursos Humanos.

Ao longo das últimas décadas, o senhor escreveu livros sobre o posicionamento estratégico do RH. Em 2012, publicou o RH De Fora para Dentro. Qual é a principal diferença entre os dois modelos?

O RH estratégico começa a partir da estratégia do negócio e tenta identificar as práticas de recursos humanos que ajudarão a concretizar essa estratégia. O RH de fora para dentro olha para o mundo externo, para o contexto no qual o negócio está inserido. Para os clientes, investidores, comunidade… e tenta desenhar práticas de RH que respondam às condições externas. O RH estratégico é como um espelho em que as práticas de RH refletem o negócio. O RH que parte de fora é como uma janela através a qual nós vemos o mundo externo.

O senhor tem visto uma mudança do RH das empresas nesse sentido?

Eu vejo uma realidade chamada de regra dos 20% – 60% – 20%. Minha experiência é que essa é a regra geral para quase todas as áreas. Por exemplo, em finanças, os profissionais estão deixando de ser focados só em fluxo de caixa para olhar para valores de mercados intangíveis. Em marketing e vendas, estão deixando de olhar só para a participação no mercado e a levar em conta a participação do consumidor.

Na área de TI, as pessoas estão se deixando de ver só sistemas para se focar em informações e tomadas de decisão. No RH (ou em qualquer uma dessas outras áreas), 20% dos profissionais são excepcionais durante essa transição. Outros 20% estão presos em uma mentalidade fixa e não têm qualquer competência ou compromisso de entregar valor real. E 60% estão no meio do caminho. É fácil criticar os 20% da base, e admirar os 20% do topo. Mas eu tendo a não focar em nenhum dos dois. Os 20% do topo são excepcionais e não precisam de ajuda. Eles podem e devem ser modelo para os outros. Enquanto os 60% do meio parecem estar ansiosos para se engajar e aprender como ajudar a organização a melhorar. É neles que me concentro.

Ainda é raro encontrar CEOs que tenham chegado da área de RH. Por quê?

O caminho para se tornar CEO tem sido liderar as áreas de operação, marketing e finanças. Então, acredito que quando os profissionais de RH dominarem o básico dessas áreas estarão mais propensos a assumir o papel de presidente de empresas. Porque sua parte, de gestão de pessoas e da estrutura organizacional, têm mostrado desafios cada vez mais relevantes para o sucesso de uma empresa.
Apesar de se falar muito em RH estratégico, muitos CEOs continuam queixando-se de que os profissionais de RH não entendem do negócio, e os profissionais de RH de que os CEOs não levam suas opiniões em conta.

O senhor vê um conflito entre presidentes de empresa e gestores de recursos humanos?

A regra dos 20% – 60% – 20% vale também para os líderes de negócios. Vinte por cento estão conscientes e comprometidos com as questões do RH (talentos, liderança, capacitação); 20% não se deixam influenciar pelo RH; e 60% são neutros, mas podem ser influenciados. Para estes, eu sugiro que o RH não chegue falando sobre questões do RH, mas, sim, sobre o que é preciso para o negócio ter sucesso. Então, mostre aos gestores de negócios que a parte mais crítica do caminho para o sucesso são justamente as atendidas pelas ferramentas de RH.

Algumas empresas estão diminuindo e até eliminando a hierarquia de seus organogramas. O que o senhor pensa sobre esse modelo?

Nas escolas de negócios, alguns anos atrás, os alunos disseram que não queriam mais notas em letras (A, B e C). Rapidamente, passaram a ser classificados como: passou de ano, passou com ótimo desempenho, passou com o desempenho mínimo. Ou seja, continuaram a ter notas, mas com outros nomes. Organizações que eliminam a hierarquia continuam a ter processos de governança que permitam que os esforços das pessoas se conectem para formar uma organização, e não apenas a soma de partes. Isso requer liderança, mesmo que seja menos focada na figura de alguém em especial, e mais na liderança coletiva.

Fonte: Portal Época Negócios 

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

Duplicação BR-381, Belo Horizonte a Governardor Valadares

http://leonardoquintao1500.com.br/duplicacao-br-381-belo-horizonte-governardor-valadares/

Duplicação BR-381, Belo Horizonte a Governardor Valadares

Deputado Leonardo Quintão aponta falta de planejamento e cobra duplicação integral de Belo Horizonte a Governador Valadares: finalmente, começaram em maio deste ano as obras de duplicação da BR-381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares. Dos 11 lotes em que o projeto foi dividido, nove já tiveram as concorrências encerradas e, em cinco, as obras da BR-381 já começaram. Um dos entraves para a conclusão dessas licitações é a retirada dos moradores da Vila da Luz. Ela fica espremida entre as pistas da BR-381, na saída de BH para Vitória, e no local vivem 1,5 mil famílias.

Em pouco tempo de trabalho já é possível perceber as mudanças na rodovia 381, como a construção de dois túneis próximos a Antônio Dias, no Vale do Aço. A previsão é que as obras dos túneis sejam concluídas em um ano e meio. O valor do contrato é de quase R$57 milhões.

Além da construção dos túneis, a movimentação de máquinas e caminhões em vários trechos entre Caeté e o trevo de Barão dos Cocais também é grande. A duplicação dos lotes já licitados envolverá mais de 1200 máquinas e equipamentos, 29 mil toneladas de aço e mais de 48 quilômetros de metros quadrados de terraplanagem. Em relação à mão de obra, está prevista a contratação de mais de 5.700 trabalhadores.

Segundo o deputado federal Leonardo Quintão, a duplicação da BR-381 é uma reivindicação histórica dos mineiros, porém, nas últimas décadas o trecho entre BH e Valadares não teve melhorias efetivas. “Diariamente pessoas morrem, e famílias são destruídas nesta estrada. E isso, por pura incompetência do Governo Federal”, criticou. “Há oito anos, nós, deputados mineiros, nos reunimos e colocamos recursos para essa duplicação. No entanto, esse dinheiro ficou parado por mais de quatro anos”, acrescentou Leonardo Quintão.

DUPLICAÇÃO DA BR 381: TRECHO ENTRE BELO ORIENTE – GOVERNADOR VALADARES

deputado Leonardo Quintão afirmou que acompanhará de perto a evolução dessa obra, uma vez que o projeto não contempla a duplicação entre Belo Horizonte e Governador Valadares. No trecho de 72,8 quilômetros entre essas duas cidades estão previstas apenas melhorias, como a construção de uma terceira pista e a recuperação dos trechos danificados. “A duplicação integral dessa rodovia, contemplando Governador Valadares, estava prevista desde 2012. É necessário que seja feito um aditivo no projeto, pois esse trecho não pode passar apenas por melhorias. É preciso que seja duplicado”, afirmou Leonardo Quintão.

DUPLICAÇÃO DA BR-040

Na BR-040, trecho que liga Brasília a Juiz de Fora, as obras também tiveram início. A empresa vencedora da licitação já iniciou reparos na pavimentação, na recuperação do sistema de drenagem e na sinalização, além da limpeza e conservação da faixa de domínio.

A empresa administrará os 936,8 quilômetros da BR-040 pelo prazo de 30 anos, e o contrato prevê que, até o segundo ano de concessão, as obras de 109 quilômetros sejam concluídas. O investimento será de quase R$8 bilhões.

A previsão é de que essa primeira fase da obra seja concluída até o final deste ano. Contudo, a expectativa é que a partir de outubro alguns serviços já sejam oferecidos aos usuários da rodovia, como a presença constante de inspetores, socorro mecânico, guinchos, atendimento médico de emergência, dentre outros.

br 381 Duplicação BR 381, Belo Horizonte a Governardor Valadares

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)